Notícias

Manifestações marcam Dia Internacional da Mulher

O Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo (SEESP) participou nesta quinta-feira (08) de manifestações pelo Dia Internacional da Mulher e contra a retira de direitos dos servidores públicos, marcada pela defesa da democracia, contra retrocessos e por igualdade. A diretora do SEESP, Ana Firmino, representou ativamente dos atos. A participação do SEESP teve […]

O Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo (SEESP) participou nesta quinta-feira (08) de manifestações pelo Dia Internacional da Mulher e contra a retira de direitos dos servidores públicos, marcada pela defesa da democracia, contra retrocessos e por igualdade. A diretora do SEESP, Ana Firmino, representou ativamente dos atos.

A participação do SEESP teve início na tarde do dia 08, juntamente com as categorias da educação, saúde e segurança, na Praça do Patriarca, centro de São Paulo, dando apoio aos servidores municipais, que lutam contra o Projeto de Lei (PL) do prefeito João Dória que cria a Reforma da Previdência dos funcionários públicos, conhecido como o PL do Extermínio. “Realizamos votação para assembleias conjuntas com as outras categorias e será traçado um calendário de lutas”, disse Ana Firmino.

Na sequência, o SEESP fez parte da marcha pelo Dia de Luta da Mulher, que saiu da Praça Oswaldo Cruz, no bairro do Paraíso, rumo a Avenida Paulista, bradando pela democracia e contra os retrocessos.

“Este dia é marcado por atos que mostram o quanto o trabalhador, em especial a mulher, precisa lutar pelos seus direitos. Precisamos conscientizar a população contra o racismo, a favor da paridade de gênero e por condições de trabalhos justas, sem retirada de direitos”, disse Ana Firmino. “Represento uma categoria majoritariamente feminina e por isso precisamos nos unir contra as desigualdades.”