Notícias

Reunião do Coletivo de Mulheres da CUT define ações contra retirada de direitos

O Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo (SEESP), representado pela diretora Ana Firmino, participou nesta terça-feira (06) de reunião do Coletivo de Mulheres da CUT para construção da Jornada em favor da Democracia a partir do dia 19 de fevereiro, intensificando a pressão nos deputados e deputadas para impedir a aprovação da Reforma […]

O Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo (SEESP), representado pela diretora Ana Firmino, participou nesta terça-feira (06) de reunião do Coletivo de Mulheres da CUT para construção da Jornada em favor da Democracia a partir do dia 19 de fevereiro, intensificando a pressão nos deputados e deputadas para impedir a aprovação da Reforma da Previdência.

Foi deliberado que a Jornada se estenderá até 1º de Maio, Dia do Trabalhador, com lançamento oficial em 24 de fevereiro, no Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo.

“Teremos como temas em nossa Jornada a luta pela vida das mulheres, democracia, soberania, Fora Temer e aposentadoria fica”, afirmou a diretora Ana Firmino. “Esse mote seguirá até o dia 8 de Março, Dia Internacional da Mulher.”