30 horas em Presidente Epitácio segue aguardando sanção do prefeito

 30 horas em Presidente Epitácio segue aguardando sanção do prefeito

No dia 27, o plenário da Câmara Municipal de Presidente Epitácio, interior de São Paulo, esteve lotado de enfermeiros que foram acompanhar a sessão que debateria a sanção do Projeto de Lei do Legislativo nº 003/2014, que dispõe sobre a redução da jornada de trabalho dos servidores lotados no cargo de técnicos de enfermagem, auxiliar de enfermagem e enfermeiros do quadro de efetivos da Prefeitura.

A diretora do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo (SEESP), Anuska Schneider, esteve presente acompanhada da enfermeira Alessandra Braulino, representante do SEESP na subsede de Presidente Prudente, para apoiar o vereador Marlan de Melo nas argumentações para que o PLP fosse sancionado.

“Já demos um passo importante que foi a conquista de ter a matéria aprovada na Câmara dos Vereadores. Agora vamos reforçar que ter uma jornada de trabalho de 30 horas semanais é benéfico não só ao trabalhador, mas também a toda a sociedade”, comentou Anuska.

Apesar de toda a mobilização dos profissionais, o Projeto de Lei não entrou na pauta de discussão da sessão de ontem.

9b51d633de079c1a44f16c77697a05a5