Após reunião com a Secretaria Estadual de Saúde, Santa Casa de São Paulo não consegue liberação de verba

 Após reunião com a Secretaria Estadual de Saúde, Santa Casa de São Paulo não consegue liberação de verba

Em nova mesa na Superintendência Regional do Trabalho, os representantes da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo afirmaram que o resultado da reunião com a Secretaria Estadual de Saúde não foi positivo: não há tempo jurídico hábil para repasse de verba ainda em dezembro.

De acordo com o advogado da Santa Casa, Vagner Galenti, alguns imóveis foram disponibilizados para avaliação de uma instituição financeira com o objetivo de conseguir empréstimo para quitação de todos os valores pendentes. A previsão de retorno é até o dia 17 de dezembro.

“A nós cabe reunir os trabalhadores e deliberar se haverá greve ou não”, comentou Ana Firmino, diretora do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo (SEESP).

Para os trabalhadores das Organizações Sociais (OSs) municipais a situação será regularizada com repasse feito pela Prefeitura nesta quinta-feira.

Imprensa