Audiência Pública discute o fortalecimento da enfermagem na Baixada Santista

O plenário da Câmara dos Vereadores de Santos reuniu, na última sexta-feira, centenas de enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem da Baixada Santista e Vale do Ribeira para discutir o fortalecimento da categoria em toda região.

A audiência pública, organizada pelo Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo (SEESP), teve a mesa composta pelo vereador Evaldo Stanislau; pelo secretário de Saúde de Santos, Marcos Calvo (representado pela coordenadora de Atenção Básica de Saúde, Aldeídes Azevedo); pelo coordenador da Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador de Santos, Idreno de Almeida; e pela diretora de Comunicação e Imprensa do SEESP e presidente da Federação Nacional dos Enfermeiros (FNE), Solange Caetano.

Durante o debate, Solange Caetano apresentou uma análise realizada no cenário atual da enfermagem em toda a Baixada Santista destacando a falta de cumprimento das Convenções Coletivas de Trabalho, o incorreto dimensionamento das equipes, a sobrecarga de trabalho, troca de funções e baixos salários como pontos críticos e que necessitam de imediata atuação.

O vereador Evaldo Stanislau se comprometeu em abrir a discussão entre os parlamentares sobre a jornada de trabalho em 30 horas semanais para a categoria e dispôs o mandato no que for necessário para garantir que os direitos dos trabalhadores sejam cumpridos.

Ao final da noite, o tradicional Prêmio Anna Nery em homenagem a enfermeiros foi entregue a 40 profissionais de toda a região.

“Essa homenagem do SEESP é apenas uma forma singela de demonstrar a todos os profissionais de enfermagem a importância que eles tem no atendimento de saúde e na sociedade. Para nós a maior maneira de prestigia-los é garantir que seus direitos sejam mantidos e respeitados, esse é o nosso papel”, finalizou Solange.

Ausência

A presidente do SEESP, Elaine Leoni, não esteve presente na audiência, pois estava reunida com os trabalhadores de Itanhaém deliberando sobre a pauta de reivindicações analisada pela prefeitura do município que pode acarretar em greve na saúde na próxima semana.

Confira todas as fotos no Facebook do SEESP.

Confira todas as fotos no Facebook co SEESP

 

 

Imprensa

Deixe uma Respota

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *