CUT Campinas encaminha lutas do Comitê LBTQIA+

 CUT Campinas encaminha lutas do Comitê LBTQIA+

O Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo participou nesta terça-feira, 30 de março, de uma reunião entre a subsede da CUT Campinas e entidades filiadas no Coletivo LGBTQIA+. Com a volta das atividades presenciais, a central sindical pretende rearticular todos os seus coletivos, como LGBTQIA+, Mulheres, Antirracismo.

A reunião elegeu por unanimidade Tayon Braatz, diretor do Sinergia/CUT como coordenador do Coletivo LGBT da Subsede da CUT Campinas para o mandato 2022-2024.

Segundo o vice-presidente do SEESP, Péricles Batista, que participou do encontro, “eles esperam que o SEESP, que tem experiência de lutas na área, contribua para o desenvolvimento de uma política efetiva de combate à discriminação e de efetivação de direitos para as pessoas LGBTQIA+”.

Alguns encaminhamentos foram aprovados para o próximo período. Um deles, proposto por Péricles, é elaborar uma carta a ser encaminhada aos candidatos na próxima eleição, com a pauta de reivindicações, incluindo a construção de políticas públicas para a comunidade LGBTQIA+.

A próxima reunião está agendada para o próximo mês, já que a intenção é que elas sejam realizadas todos os meses.

Deixe uma Respota

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *