Diretor do SEESP participa do lançamento da Frente Parlamentar do Sistema CROSS

 Diretor do SEESP participa do lançamento da Frente Parlamentar do Sistema CROSS

Na última sexta-feira (23), Adilton Dorival Leite, Diretor do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo (SEESP), esteve presente no lançamento da Frente Parlamentar do Sistema CROSS (Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde) na Câmara Municipal de Campinas.

A deputada estadual Ana Perugini (PT) propôs à Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP) a criação de uma frente parlamentar com o intuito de aprimorar e promover maior transparência no sistema CROSS. Esse sistema é um serviço do governo estadual, vinculado à Secretaria da Saúde, cujo propósito é facilitar a articulação e integração das centrais de urgência, internações, consultas e serviços de apoio diagnóstico terapêutico.

“Nós, Enfermeiros(as), temos conhecimento de que os pacientes enfrentam desafios ao aguardar por meses, e até mesmo anos, para receber atendimento na lista de espera da CROSS. De acordo com dados divulgados no final de 2022, mais de 300 mil pessoas estavam esperando por cirurgias eletivas em São Paulo. Entre as 17 regiões do estado, as regiões de Sorocaba (71,2 mil) e Campinas (48,6 mil) apresentaram as maiores demandas. Essas longas esperas são motivo de preocupação para nós.” Afirmou Adilton.

O diretor do SEESP destaca que a falta de acesso a intervenções médicas em tempo adequado pode agravar condições tratáveis e ter um impacto na mortalidade, uma situação que se tornou mais evidente durante a crise do coronavírus. Além disso, casos mais complexos também exigem mais recursos de saúde. Portanto, a regulação é uma estratégia que visa racionalizar os fluxos de acesso aos tratamentos, sendo uma ferramenta poderosa de gestão capaz de integrar efetivamente a rede de saúde.

Adilton conclui expressando o desejo de que a Frente Parlamentar consiga obter resultados tangíveis na reforma do sistema de regulação. “Para alcançar esse objetivo, é fundamental compreender profundamente os entraves, os gargalos, os desafios e as filas de espera, a fim de determinar a melhor maneira de operar o complexo sistema regulatório”.

Filie-se ao SEESP! Juntos, somos mais fortes.

Deixe uma Respota

O seu endereço de e-mail não será publicado.