Enfermagem obtém vitória no Colégio de Líderes e continua mobilizada

 Enfermagem obtém vitória no Colégio de Líderes e continua mobilizada

As entidades que compõem o Fórum Nacional da Enfermagem passaram a semana em Brasília na luta para que o PL 2564/20 seja colocado imediatamente em votação no plenário da Câmara Federal. O SEESP participou da mobilização com uma delegação, visitando os gabinetes dos deputados e conversando com os líderes partidários.

A entidades acompanharam a reunião do Colégio de Líderes que definiu, de acordo com o presidente da Câmara, Arthur Lira: 

  1. Votação do Requerimento de Urgência na próxima terça-feira – isso significa que se aprovado, o PL não passará pelas comissões; 
  2. Analise e negociação, envolvendo inclusive o Senado Federal, de fonte de custeio para a aplicação do Piso Salarial da Enfermagem no prazo de até cinco semanas; 
  3. Votação do mérito do PL 2564/2020 ao final (provavelmente na última semana de abril).

Segundo a secretária geral do SEESP, Solange Caetano, as decisões da reunião de Líderes representaram “uma vitória importante para a categoria”.

Essa avaliação positiva é compartilhada pelas deputadas Carmen Zanotto e Alice Portugal pois a Enfermagem conseguiu avançar na luta pela aprovação do PL do Piso Salarial.

Solange Caetano informa que a reunião do Fórum Nacional da Enfermagem, realizada depois da reunião de líderes decidiu manter a mobilização para a próxima semana. A ideia é que ao menos 50 pessoas da categoria estejam na Câmara na próxima terça e quarta para conversar com os deputados e mostrar a força dos trabalhadores.

Também será elaborado documentos solicitando a redução do prazo de cinco semanas de tramitação informado por Arthur Lira e também para todos os deputados a fim de garantir o quórum mínimo de votação da urgência do PL na próxima terça-feira.

Outra medida é solicitar agenda com o presidente do Senado, já que o presidente da Câmara pretende debater com Rodrigo Pacheco a indicação das fontes de financiamento para o cumprimento da Lei a ser aprovada.

Deixe uma Respota

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *