Enfermeiros de São Paulo querem a votação do PL 2564/20 na íntegra

 Enfermeiros de São Paulo querem a votação do PL 2564/20 na íntegra

Os enfermeiros do Estado de São Paulo realizaram assembleia geral na tarde desta quinta, 24/9, para fazer o debate do PL 2564 e da proposta de Emenda da senadora Eliziane Gama que propõe para a Enfermagem, pisos nacionais menores do que está no PL de autoria do senador Fabiano Contarato.

Após intenso debate decidiram lutar para que seja colocado em votação o projeto original e trabalhar para que os senadores o aprovem. Além da emenda da senadora Eliziane, já existem duas outras protocoladas no senado. Uma que quer incluir os fisioterapeutas entre as categorias que teriam direito ao piso e outra, a pedido da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) que pretende dividir a categoria entre os contratados pela CLT (Consolidação das Leis de Trabalho), servidores públicos da União e servidores públicos dos estados e municípios.

Desta forma, não há nenhuma garantia de que a emenda da senadora Eliziane passaria no plenário. A votação precisa começar, necessariamente, pelo projeto apresentado e que passou nas comissões do Senado. “É certo que quando essa votação começar, qualquer senador pode apresentar emendas. Aos profissionais da Enfermagem não cabe abrir mão da proposta do PL 2564 tão cedo, sem o projeto sequer ter ido ao plenário. Se isso acontecer ficaremos sem nenhuma margem para negociar. Um projeto que começa com o valor muito baixo, tende a ficar ainda menor quando todos os interesses expressos na composição do Senado aparecerem durante o debate”, afirma Solange Caetano, secretária geral do SEESP e que acompanha a tramitação no Senado.

“Se abrirmos mão agora do valor proposto pelo senador Contarato, corremos um grande risco de que o piso acabe virando teto. Além disso, poderia ocorrer o desemprego dos profissionais que ganham mais para a contratação de outros que ganhariam menos”.

A assembleia geral do SEESP foi amplamente divulgada em seu site, nas suas redes sociais e para os e-mails de todos os sócios da entidade.

“Continuamos nossa luta pela aprovação de um piso salarial nacional digno para a Enfermagem”, finaliza a presidente do SEESP, Elaine Leoni.

Sindicato dos Enfermeiros

Deixe uma Respota

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *