FNE debate PL 2.295/00 em café da manhã realizado na Câmara dos Deputados

 FNE debate PL 2.295/00 em café da manhã realizado na Câmara dos Deputados

A Federação Nacional dos Enfermeiros (FNE) realizou, nesta quarta-feira (06), um café da manhã na Câmara dos Deputados para debater com os parlamentares o Projeto de Lei 2.295/00, que dispõe sobre a regulamentação da jornada de trabalho dos profissionais de Enfermagem em 30 horas semanais.

Diretores dos 15 sindicatos filiados à FNE estiveram presentes para articular com os deputados federais representantes de seus Estados a importância do apoio para avançar na inclusão do PL na ordem do dia e, principalmente, a votação em Plenário.

Durante a atividade, a presidente da FNE e do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo (SEESP), Solange Caetano, apresentou o histórico da matéria na Casa – há 15 anos tramitando só na Câmara dos Deputados. Em 2014, o PL 2.295/00 se manteve na ordem do dia, porém, manobras partidárias e a inclusão de outros textos de Medidas Provisórias (MPs) e Propostas de Emenda à Constituição (PEC) trancaram a pauta por diversas vezes impedindo o andamento da votação das 30 horas.

“Eu sempre reforço que a jornada de trabalho dos enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem regulamentada em 30 horas semanais é um benefício não só para a categoria, mas para a sociedade como um todo. Um profissional com carga horária adequada diminui o índice de adoecimentos por causas físicas e/ou mentais (em decorrência de estresse, Síndrome de Burnout), consequentemente reduz os gastos dos empregadores com afastamentos e, tendo uma equipe completa e descansada, a qualidade na assistência só tende a aumentar”, comentou Solange Caetano.

A vice-presidente da FNE e presidente do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Sergipe, Shirley Morales, também reforçou toda a luta da categoria nos municípios e Estados visando a conquista maior, em nível nacional.

No Distrito Federal, por exemplo, a jornada dos enfermeiros no serviço público é de 20 horas semanais e nem por isso houve quebra dos recursos financeiros do Estado, ou qualquer outro tipo de prejuízo, o que derruba o argumento apresentado pelo Ministério da Saúde de que o maior impeditivo para avançar nessa implantação é o impacto financeiro.

Foi unânime nos discursos dos deputados que a aprovação do PL 2.295/00 é uma dívida da Casa com os mais de 2 milhões de profissionais de Enfermagem em todo o país. Reforçou-se, inclusive a importância de uma audiência com o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para esclarecer a tramitação do texto no último período visando o não retrocesso do que foi conquistado até agora.

Os deputados André Moura (PSC-SE) e Carmen Zanotto (PPS-SC) também tiveram importante participação no evento enquanto líderes dos partidos na Câmara Federal.

Frente Parlamentar: durante a sua fala, o deputado Wilson Filho (PTB-PB) oficializou a renovação da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Enfermagem convidando os demais parlamentares a participarem do grupo que objetiva a criação de projetos de melhoria para a categoria e para a saúde de forma geral.

Deputados federais que estiveram presentes:

Jovair de Melo (PV/ES)
Delegado Waldir (PSDB/GO)
Raimundo Gomes de Matos (PSDB/CE)
Veneziano Vital do Rego (PMDB/PB)
Carmen Zanotto (PPS/SC)
Jorge Tadeu Mudalen (DEM/SP)
Paulo Foletto (PSB/ES)
Damião Feliciano (PDT/PB)
Chico Lopes (PCdoB/CE)
Lucas Vergilio (SD/GO)
Benjamin Maranhão (SD/PB)
Wilson Filho (PTB/PB)
Luiz Lauro Filho (PSB/SP)
Rômulo Gouveia (PSD/PB)
André Moura (PSC/SE)
Odorico Monteiro (PT/CE)
Marcelo Aguiar (DEM/SP)
Pedro Cunha Lima (PSDB/PB)
Geraldo Resende (PMDB/MS)
Erika Kokay (PT/DF)
Antonio Jacome (PMN/RN)
Delegado Eder Mauro (PSD/PA)
Alexandre Serfiotis (PSD/RJ)
Gonzaga Patriota (PSD/PE)
Alexandre Serfiotis (PSD/RJ)
Gonzaga Patritota (PSB/PE)
Goulart (PSD/SP)
Hélio Leite (DEM/PA)
Edmilson Rodrigues (PSOL/PA)
Rocha (PSDB/AC)
Davidson Magalhaes (PSDB/AC)
Jose Stedile (PSB/RS)
Daniel Almeida (PCdoB/BA)
Celso Maldaner (PMDB/SC)
Rubens Otoni (PT/GO)
Cabo Sabino (PR/CE)
Arnaldo Faria De Sá (PTB/SP)
Arnaldo Jordy (PPS/PA)
Fausto Pinato (PRB/SP)

Fonte: Imprensa FNE

_MG_6319_MG_6331_MG_6337 _MG_6347 _MG_6357 _MG_6364 _MG_6369 _MG_6381 _MG_6391 _MG_6397 _MG_6404 _MG_6415 _MG_6419 _MG_6431 _MG_6440 _MG_6446 _MG_6455 _MG_6489 _MG_6497 _MG_6507 _MG_6515 _MG_6521 _MG_6555 _MG_6597 _MG_6633 _MG_6641 _MG_6650 _MG_6658 _MG_6660 _MG_6671 _MG_6677 _MG_6679 _MG_6697 _MG_6722 _MG_6727 _MG_6780 _MG_6786 _MG_6807 _MG_6810 _MG_6812 _MG_6829 _MG_6837 _MG_6844 _MG_6852 _MG_6858 _MG_6908 _MG_6917 _MG_6919 DSC_0001 DSC_0004 DSC_0009 DSC_0014 DSC_0031 DSC_0057 DSC_0076 DSC_0087 DSC_0092 DSC_0095 DSC_0097 DSC_0102 DSC_0105 DSC_0108 DSC_0110 DSC_0119 DSC_0125 DSC_0131 DSC_0141 DSC_0146 DSC_0170 DSC_0174 DSC_0177