Nota aos Enfermeiros do Estado de São Paulo

 Nota aos Enfermeiros do Estado de São Paulo

Os Enfermeiros e o coronavírus no Estado de São Paulo

O Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo (SEESP), por sua presidente, Solange Caetano, esclarece aos Enfermeiros do Estado de São Paulo que está atuando no âmbito estadual e nacional, através de intervenções junto ao Ministério Público do Trabalho (MPT), tanto na Procuradoria Regional do Trabalho (PRT) quanto na Procuradoria Geral do Trabalho (PGT), objetivando articular uma ação conjunta em defesa da categoria dos Enfermeiros do Estado, no tocante aos profissionais, principalmente aqueles que vão estar na linha de frente no combate à pandemia do coronavírus.

Dentre os itens que estamos tratando, podemos citar:

  1. Disponibilização imediata dos EPIs determinados segundo a Nota Técnica nº 04/2020, da ANVISA.
  2. Afastamento dos profissionais de saúde inseridos em grupos de risco elevado para os quadros graves da Doença causada pelo Covid-19.
  3. Imediata recomposição dos contingentes de profissionais de saúde dos serviços de saúde do Estado de São Paulo.
  4. Fornecimento de capacitação, pelos serviços de saúde públicos e privados do Estado de São Paulo, dos seus quadros de pessoal, para o manejo seguro do Covid-19.
  5. Criação de um mecanismo para fiscalização e controle, para que as instituições de saúde públicas e privadas comprovem o cumprimento na sua totalidade dos itens elencados.

O Coordenador Nacional da Coordenadoria Nacional de Promoção da Liberdade Sindical (CONALIS), Dr. Ronaldo Lima Santos, comprometeu-se a encaminhar o pleito dos Enfermeiros na reunião dos Coordenadores Nacionais do dia 18/03, a partir das 9h00.

Imprensa