Novo presidente da Câmara dos Deputados pode incluir PL 2.295/00 na pauta das próximas semanas

 Novo presidente da Câmara dos Deputados pode incluir PL 2.295/00 na pauta das próximas semanas

A presidente da Federação Nacional dos Enfermeiros (FNE) e coordenadora do Fórum Nacional 30h Já, Solange Caetano, está em Brasília para reunião do grupo que deliberará as ações do próximo período e também para continuar as visitas aos deputados federais em busca de apoio para o PL 2.295/00.

Durante a tarde de ontem, Solange Caetano e o diretor da FNE, Wellerson Moreira, conversaram com o deputado federal e líder do PSC, André Moura (SE) sobre as articulações com o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para que a matéria seja incluída na pauta de votação com urgência.

André Moura informou que já vem conversando com Cunha sobre a regulamentação da jornada de trabalho da enfermagem em 30 horas semanais e que há possibilidade de inclusão, porém, o presidente da Casa informou que isso pode acontecer a partir da próxima semana.

“Vamos seguir com as negociações para que o nosso PL seja efetivamente pautado conforme a informação que recebemos. De qualquer forma é agradável saber que há abertura pela nova presidência de discutir as 30 horas para os mais de 2 milhões de trabalhadores da Enfermagem em todo o Brasil, é um sinal que não teremos retrocesso em tudo já avançamos até hoje”, comentou Solange Caetano.

Lista de prioridades: a FNE teve acesso a lista de solicitações das lideranças partidárias em que são listados os projetos de lei prioritários para cada bancada e discutidos nas reuniões do Colégio de Líderes realizada semanalmente.

O PL 2.295/00 foi pontuado na lista dos seguintes partidos:

  • Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) 
  • Partido Popular Socialista (PPS)
  • Partido Social Cristão (PSC)
  • Partido Verde (PV)

“Nosso trabalho agora é argumentar com as demais lideranças para que a maioria solicite a inclusão e a matéria tenha força e vá para pauta. É importante que a categoria mobilize-se nos seus Estados junto aos deputados que são líderes ou tem grande influência dentro do partido para que esse trabalho seja conjunto com as Entidades representativas”, finalizou Solange.

As lideranças partidárias podem ser visualizadas aqui

 

Fonte: Imprensa – Federação Nacional dos Enfermeiros (FNE)