Participação institucional do SEESP

 Participação institucional do SEESP

A diretora Ivonildes Ferreira toma posse no Conselho Municipal de Saúde de São Paulo

O Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo tem participação ativa nos Conselhos de saúde e nos fóruns gerais que tratam tanto da saúde da população como da articulação sobre os direitos dos trabalhadores, direitos humanos e temas gerais que impactam a vida dos profissionais da Enfermagem e também da sociedade.

A secretaria geral do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo, Solange Caetano, e diretor do SEESP, Valdemir Vieira (Mafu), tomaram posse no Conselho Estadual de Saúde em atividade realizada no Centro de Convenções Rebouças, na Capital.

Conselho estadual de Saúde

Em dezembro do ano passado, a secretária geral do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo, Solange Caetano, e o diretor do SEESP, Valdemir Vieira (Mafu), tomaram posse no Conselho Estadual de Saúde em atividade realizada no Centro de Convenções Rebouças, na Capital. Na gestão anterior, a entidade foi representada pelo diretor Adilton Leite.

O Conselho Estadual da Saúde (CES), instituído pela Lei 8.356, de 20-7-93, é uma instância colegiada do Sistema Único de Saúde (SUS), vinculado à Secretaria Estadual da Saúde, conforme determina o artigo 221, da Constituição do Estado de São Paulo.

O CES é instituído como instância colegiada máxima, deliberativa e de natureza permanente. Tem por finalidade deliberar sobre a política de saúde do Estado; a direção estadual do SUS; o regimento interno do CES e assuntos a ele submetidos pela Secretaria de Estado da Saúde e pelos seus conselheiros.

Conselho Municipal da Saúde da capital

No Conselho Municipal de Saúde da cidade de São Paulo, o Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo participa com a diretora Ivonildes Ferreira. Ela foi eleita nesse ano, em uma assembleia com todas as entidades representativas dos trabalhadores da saúde.

Mesas temáticas

O Sindicato também participa todos os meses da Mesa Setorial de Negociação Permanente da SMS (Secretaria Municipal de Saúde do município de São Paulo), sendo representado pela diretora Anuska Schneider. “Essas mesas discutem temas muito importantes, mas nem sempre conseguem encaminhar soluções em tempo adequado. A Prefeitura e a Secretaria de Saúde, que tem poder para resolver os problemas, costumam demorar para dar os encaminhamentos necessários”, afirma Anuska.

Entidades gerais

O SEESP também está presente em vários fóruns gerais, seja para tratar dos direitos dos trabalhadores, seja para defender os direitos humanos ou para lutar contra toda forma de discriminação e opressão. Entre essas entidades gerais destacamos a ISP – Internacional dos Serviços Públicos, a FNE – Federação Nacional dos Enfermeiros e a CUT – Central Única dos Trabalhadores.

 “Entendemos que é fundamental essa presença junto a outras entidades, para a gente perceber que não estamos sozinhos e que a unidade de todos os trabalhadores é fundamental para superar nossas dificuldades”, finaliza Elaine Leoni, presidente do SEESP.

Deixe uma Respota

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *