SEESP abre processos para registro de especialista em Enfermagem Obstétrica e garante vitória para a categoria

 SEESP abre processos para registro de especialista em Enfermagem Obstétrica e garante vitória para a categoria

O Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo (SEESP), que sempre luta para beneficiar os enfermeiros, ingressou com diversos processos em face do Conselho Regional de Enfermagem (COREN), pleiteando o registro como especialista em Enfermagem Obstétrica.

A saber: em 2015 houve a edição da Resolução do Conselho Federal de Enfermagem (COFEN) 479/2015, a qual passou a fazer algumas exigências para conceder o registro como especialista em Enfermagem Obstétrica. Ocorre que, antes da edição desta resolução, a documentação que exigiam era diferente, até para quem concluiu o curso antes da resolução o COREN estava exigindo comprovação.

Após o SEESP ingressar com os processos, o COREN começou a conceder amigavelmente o título com base na documentação exigível na época da formação.

Nesta quarta-feira (23) saiu a sentença de um dos mandados de segurança que o Sindicato deu entrada, determinando que o Conselho Regional proceda o registro profissional do profissional na qualidade de Especialista em Enfermagem Obstétrica.

O SEESP promove a atualização da enfermagem, disseminando o reconhecimento da categoria, por isso essa vitória dá mais credibilidade ao profissional, que se especializa e faz de seu ofício um bem para a sociedade”, afirmou a presidente do SEESP, dra. Solange Caetano.