SEESP pede fiscalização em instituição de saúde por problemas no banco de horas

O Departamento Jurídico do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo (SEESP) solicitou mesa redonda no Ministério Público do Trabalho para verificar a situação dos profissionais do Centro Paulista de Oncologia S/A em relação a falta de controle do banco de horas e o cumprimento de férias.

O Ministério Público encaminhou a solicitação para o setor de fiscalização e a diretoria do SEESP aguarda um retorno com brevidade.

“Nós sempre alertamos os trabalhadores que a Entidade que os representa consegue atuar de forma mais veemente quando a informação chega até ela, ou seja, é de extrema importância que cada profissional fique atento ao cumprimento dos seus direitos e, no caso de dúvidas, procure orientação do SEESP. O nosso trabalho é garantir que ninguém seja prejudicado”, finalizou Solange Caetano, presidente do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo.