Subsede de Santos recebe representantes da empresa Revolução, de Cubatão

 Subsede de Santos recebe representantes da empresa Revolução, de Cubatão

Nesta terça-feira (19), a coordenadora da CUT Baixada Santista e diretora do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo (SEESP), Anuska Schneider, o advogado Wender Soares e a colaboradora Rita Rodrigues reuniram-se com representantes da empresa Revolução na subsede de Santos do Sindicato, para tratar de problemas em repasse de direitos dos enfermeiros que trabalham para a empresa na cidade de Cubatão (SP).

A Revolução presta serviço desde janeiro deste ano nas Organizações Sociais de Saúde (OSS), Programa Saúde da Família (PFS) e a Unidade Básica de Saúde (UBS) de Cubatão. Tem 24 enfermeiros que laboram nessas instituições, que sofrem com atraso no salário (com média de sete dias de atraso após o quinto dia útil), vale transporte descontado dos profissionais sem o repasse para estes, fundo de garantia não depositado e o vale alimentação atrasado.

O SEESP solicitou o recibo dos pagamentos, que os representantes da Revolução disseram que iriam enviar por e-mail. Anuska também requereu um relatório para a empresa, descrevendo o que está atrasado e quando será regularizado, o cadastro de todos os enfermeiros que são funcionários da empresa com seus respectivos valores de salário, além de uma reunião com os enfermeiros (com data a definir).

Foi dado um prazo de 15 dias para a empresa apresentar o relatório. “Quanto antes resolvermos isso, melhor para o enfermeiro, que compromete seu atendimento com preocupações referentes ao seus direitos que não são respeitados”, afirmou Anuska ao final da reunião.