Trabalhadora é reintegrada após demissão injusta

 Trabalhadora é reintegrada após demissão injusta

Ações do Sindicato

O Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo por seu departamento jurídico entrou com processo na vara do Trabalho, para reintegração da Enfermeira R.P.P, com 62 anos, que foi demitida de forma injusta por uma empresa de saúde privada.

A juíza Lavia Lacerda Menendez do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região/ 8ª Vara do Trabalho de São Paulo concedeu tutela antecipada, como forma de sanar e reparar o erro causado a trabalhadora, visto que tem 13 anos e 10 meses de trabalho registrado em carteira, ou seja, estando há 2 anos da aposentadoria por tempo mínimo de contribuição ao INSS.

A profissional encontrar-se em período de pré-aposentadoria, conforme previsão em cláusula da convenção coletiva da categoria (cláusula 21ª), completando o requisito para a obtenção do benefício previdenciário.

Assim, já atingiu a idade mínima e comprovado a menos de 2 anos da aposentadoria por idade, é no limite de 15 anos de contribuição, está presente a evidência do direito à garantia de emprego.

A juíza concedeu o retorno imediato ao trabalho sem prejuízo de salário e nos seus benefícios. O sindicato dos enfermeiros continua atento a causas trabalhistas dos profissionais que representa, e se você tiver qualquer denúncia  entre em contato conosco para podermos atender e direcionar sua queixa à melhor forma de proceder.

Imprensa

Deixe uma Respota

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *