Profissionais do Hospital Brasilândia ficam sabendo de demissão em massa pela internet

 Profissionais do Hospital Brasilândia ficam sabendo de demissão em massa pela internet

Os trabalhadores do Hospital da Brasilândia, na zona Oeste da cidade de São Paulo, foram pegos de surpresa no início dessa semana com demissões em massa. Muitos ficaram sabendo que estavam demitidos pela internet. Ao tentarem se comunicar com a unidade hospitalar, receberam a seguinte mensagem: Ops, funcionário desligado em 01/08/22. Acesso não permitido.

A informação é que o Hospital trocou a Organização Social (OS) que o atendia; outra OS foi contratada e que, simplesmente, os profissionais foram desligados sem sequer serem informados previamente.

O Sindicato recebeu ainda a denúncia de que a nova OS está contratando os profissionais com salários menores do que recebiam pelo IABAS.

Por outro lado, existe a denúncia de que isso está acontecendo em outras unidades de saúde. A Prefeitura Municipal de São Paulo ainda não se manifestou.

O Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo vai questionar a Prefeitura Municipal e exige respeito aos trabalhadores. A Presidente do SEESP, Elaine Leoni, afirma que é inadmissível tamanho desrespeito com qualquer profissional. “Sabemos que há Enfermeiras e Enfermeiros entre os demitidos. Solicitamos que eles entrem em contato com o SEESP para que sejam tomadas as providências a fim de garantir todos os direitos desses profissionais”.

Além disso, a Presidente diz que o Sindicato dos Enfermeiros vai avaliar a possibilidade de ingressar com medidas de reparação de danos pela forma com que esses profissionais foram demitidos.

Na tarde desta quarta, 3/8, diretores do SEESP estarão no Hospital verificando a situação in loco. O Sindicato convida os enfermeiros e enfermeiras para uma conversa no local.

O SEESP disponibiliza o e-mail jurídico@seesp.com.br para denúncias e para que os profissionais enfermeiros tenham apoio para buscar seus direitos.

Se fortaleça,  Sindicalize-se! 

Deixe uma Respota

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *